Flor do Lácio
BEM VINDO


Cadastre-se em nosso fórum e tenha sua redação corrigida pelos membros.
Flor do Lácio

Espaço criado com intuito de ajudar aos membros produzirem redações de excelência.


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

O direito de votar: como fazer dessa conquista um meio para promover as transformações sociais que o Brasil necessita?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

ulyssesaf


Membros
Direito ou dever?

O voto é a fundamental ferramenta exercida pelos cidadãos na democracia moderna. No país, todos entre dezoito e setenta anos são obrigados a votar, e o mesmo é facultativo entre os dezesseis e dezoito anos e entre os maiores de setenta. Mas será que essa ferramenta, sendo obrigatória, torna a democracia mais justa?

A história evidencia fraudes gigantescas em eleições, desde o "voto de cabresto" até os dias atuais, embora a urna eletrônica tenha dificultado as fraudes. No entanto, ainda há meios de burlar as eleições, seja por compra de votos, boca de urna ou fraudes propriamente ditas.

O voto obrigatório no Brasil, segundo algumas pessoas, torna os indivíduos, cidadãos, e faz com que essa cidadania seja exercida. Porém, constata-se o enorme número de analfabetos funcionais no país, que não são impedidos de votar, e muitas vezes, vendem ou trocam seus votos por benefícios pessoais.

Além disso, o voto obrigatório para algumas pessoas, faria com que as mesmas tomassem consciência da política vigente no país, o que diminuiria a ignorância perante esse tema. Contudo, temos como exemplo os Estados Unidos da América, que utilizam o voto facultativo como ferramenta de eleição de seus governantes, e nesse país, a população mostra-se muito mais politizada e há menos casos de corrupção, se comparado ao Brasil.

Logo, evidencia-se que o exercício da cidadania deve ser compreendido como direito à uma educação de qualidade, uma saúde pública decente e um sistema educacional mais eficiente, e não, a obrigatoriedade do voto. Votar deve ser um ato consciente e preponderado, e seu direito, deve ser de única e exclusiva vontade de cada cidadão.

Ulysses Fioresi.


Não achei essa redação boa, na minha mente surgiram infinitas ideias sobre o tema, mas na hora de jogar pro papel não saiu nada. Gostaria que além das ótimas análises que os senhores fazem, se possível, atribuíssem uma nota.
Uma dúvida: lançei uma pergunta na introdução. Consegui respondê-la durante o desenvolvimento?

Obrigado mais uma vez.

Ver perfil do usuário

Mourette


Membros
Olá Ulysses. Como eu já faço com algumas redações , demonstrarei à você um esqueminha que uso quando encontro um tema tão extenso quanto esse


A primeira coisa que fará ao começar a fazer a redação do enem é interpretar o tema. Esqueça os textos apoio da coletânea neste momento.. Apenas foque no tema!

Vamos fazer o seguinte : encontrar as palavras chave do tema e fazer um brainstorm delas, ou seja, tudo que vier em sua cabeça em relação à palavra, você colocará no papel. Tudo mesmo.Até o momento, não é necessário fazer sentido. Lembre-se de partes de filme, coisas que aconteceu com você ou algum conhecido, algo que você leu ou viu na tevê que te chocou, ou até letras de música

O direito de votar: como fazer dessa conquista um meio para promover as transformações sociais que o Brasil necessita?


1º O direito de votar - Como conquistamos esse direito? Qual era o poder do voto a um século atrás. Representava muita coisa? Havia algum tipo de manipulação? Os anseios da população eram atendidos? Já houve época em que fomos proibidos de votar? Houve mobilização contra a repressão? O que podemos extrair desses acontecimentos e usá-los nos dias de hoje?

2ºpromover as transformações sociais Que tipo de mudanças o Brasil necessita? Nossos representantes estão as resolvendo? Não?! Porque? Lembra-se de algum caso que ilustre isso? Lembra-se de algum tipo de protesto contra essa situação . Como um voto consciente mudaria essa panorama? Como votar conscientemente?


Bem , creio que as respostas à essas questões têm que estar presentes em texto. Vamos a ele!



A história evidencia fraudes gigantescas em eleições, desde o "voto de cabresto" até os dias atuais, embora a urna eletrônica tenha dificultado as fraudes
Por favor, me corrija se eu estiver errado,mas não me lembro de casos de fraudes há a algum tempo.( creio que desde o advento da urna eletrônica) , ou ,pelo menos , de gigantescas, como afirmado. A urna eletrônica brasileira é considerada um dos mecanismos mais seguros em todo o mundo.


Código:
até os dias atuais, embora a urna eletrônica tenha dificultado as fraudes
Perceba a incoerência nessa passagem. Se ocorre fraudes gigantesca nos dias atuais, a urna não tem dificultado as fraudes, como afirma.

segundo algumas pessoas,
Quem? Evite ''jogar'' informações no texto.

Não percebi um encadeamento de ideias entre essa passagem

O voto obrigatório no Brasil, segundo algumas pessoas, torna os indivíduos, cidadãos, e faz com que essa cidadania seja exercida.
e essa
Porém, constata-se o enorme número de analfabetos funcionais no país, que não são impedidos de votar, e muitas vezes, vendem ou trocam seus votos por benefícios pessoais.

Primeiramente, você fala que o ato de votar torna a pessoa um cidadão. Depois , muda totalmente o foco e afirma que os analfabetos funcionais ''vendem '' seus votos. Percebeu a falta de coerência?


Perceba como você contrói uma argumentação
Além disso, o voto obrigatório para algumas pessoas, faria com que as mesmas tomassem consciência da política vigente no país, o que diminuiria a ignorância perante esse tema.
e depois joga ela toda por terra, ao refutá-la
Contudo, temos como exemplo os Estados Unidos da América, que utilizam o voto facultativo como ferramenta de eleição de seus governantes, e nesse país, a população mostra-se muito mais politizada e há menos casos de corrupção, se comparado ao Brasil.

Se a sua intenção é convencer o leitor a concordar com dua ideia, permaneça em uma linha de pensamento e a siga.


Observe esta frase João, comeu banana.
Agora, observe a sua passagem
Além disso, o voto obrigatório para algumas pessoas, faria com que as mesmas tomassem consciência da política vigente no país,

Percebeu alguma semelhança? Nas duas, o sujeito está separado do predicado!

Sujeitoo voto obrigatório para algumas pessoas
Predicadofaria com que as mesmas tomassem consciência da política vigente no país[/quote]

Não se separa o sujeito do predicado com vírgula

Além disso...

Além disso, o voto obrigatório para algumas pessoas, faria com que as mesmas tomassem consciência

Creio que ficaria melhor assim :Além disso, o voto obrigatório para algumas pessoas conscientizaria a respeito da política...

Porque, segundo Graciliano Ramos, menos é mais ! rs

e seu direito, deve ser de única e exclusiva vontade de cada cidadão.

O deveé um verbo de ligação , que une o sujeito com o predicado. Portanto, não atrapalhe essa tão linda união com suas impertinentes vírgulas kkkkk



Não achei essa redação boa, na minha mente surgiram infinitas ideias sobre o tema
O que faltou foi interpretar o tema! Você simplesmente, deu uma de ''cagão'' e fugiu dele kkkkk. Pow, tem que olhar pro tema com cara de machão, encará-lo e meter a porrada kkkkkk

Bem, você receberia 0 da banca por ter fugido do tema. Você poderia falar dos inúmeros questionamentos suscitados por min, mas limitou-se a outras discussões. Que bom que você fez isso aqui. Na redação do enem, CUIDADO


Não leve a mal as minhas brincadeirinhas rs.. Um abraço

Ver perfil do usuário

ulyssesaf


Membros
Grande abraço Mourette, ótimas dicas. Apresentar todos os pontos de vista possíveis e às vezes não me posicionar claramente é o que me mata na redação. Obrigado.

Ver perfil do usuário

Dika


Membros
Oi Ulysses,

Tem uma passagem que me deixou intrigada:

"Porém, constata-se o enorme número de analfabetos funcionais no país, que não são impedidos de votar, e muitas vezes, vendem ou trocam seus votos por benefícios pessoais."

De certa forma, você se posiciona contra o voto do analfabeto funcional. Agora lhe pergunto, caro Ulysses, o que se supõe que se deve fazer para impedir o voto deles? Afinal, o analfabeto não sabe ler nem escrever, já o analfabeto funcional lê, escreve e às vezes tem escolaridade. Humm?

Pensa aí, depois me responde. rsrs

Ver perfil do usuário

ulyssesaf


Membros
Na verdade Dika, não é propriamente contra o voto de analfabeto funcional e sim uma maior conscientização do voto. Muitos votos em qualquer um, aqueles que eles pensam que vão ganhar as eleições ou mesmo "jogam fora" o voto ao anulá-lo ou votar em branco simplesmente pela obrigação que é votar. Não sei se expliquei direito meu ponto de vista, mas é isso que penso.

Valeu mais uma vez Dika! Beijos.

Ver perfil do usuário

Dika


Membros
Oi,
Eu entendi, agora, seu ponto de vista. Mas veja, da forma que ficou estruturada a frase, para mim, ficou a impressão de que você era contra o voto do analfabeto funcional.

Obrigada pela explicação.
Bjoo

Ver perfil do usuário

ulyssesaf


Membros
É, esse é meu grande problema em redações, tento falar uma coisa e acabo dizendo outra. Vou ver se hoje ainda posto mais uma aqui..

Bjo.

Ver perfil do usuário

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum