Flor do Lácio
BEM VINDO


Cadastre-se em nosso fórum e tenha sua redação corrigida pelos membros.
Flor do Lácio

Espaço criado com intuito de ajudar aos membros produzirem redações de excelência.


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Tema: O que é ser homem nos dias de hoje?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 Tema: O que é ser homem nos dias de hoje? em Sex Nov 25, 2011 12:19 pm

A Prevalência do machismo na sociedade contemporânea.
Desde pequenos somos ensinados a ser e agir de um modo. Os meninos brincam com carrinhos e as meninas com bonecas, a inversão desses papéis soam como um desastre para a humanidade em geral, que têm papéis estabelecidos para cada um dos casos. Só vamos ter uma sociedade igualitária, quando compreendermos que todo ser humano têm as mesmas capacidades cognitivas que qualquer outro, independentemente do sexo.
Os homens muitas vezes agem com comportamentos machistas, como forma de resgate da sua tão “honrosa masculinidade”, que por sua vez é sinônimo de repressão e rejeição da ascensão das mulheres, aos papéis usualmente considerados masculinos. As mulheres que pela tradição deveriam ficar domesticadas estão avançando no mercado de trabalho e deixando de ser submissas aos seus parceiros. Para os machistas isso implica em submissão do homem em relação às mulheres. Com isso nascem confrontos violentos entre os dois sexos e a igualdade fica só na teoria.
A diferença entre os sexos existe, mas não anula a capacidade de realização profissional e pessoal em nenhum dos casos. A mulher geneticamente falando é mais carinhosa e sentimental que o homem; o homem é mais “frio” e objetivo, mas essas caraterísticas naturais não indicam submissão de um em relação ao outro e sim complementação. E essas características são genéricas, por isso uma mulher pode ser mais fria e objetiva nos no empreendedorismo, por exemplo, e o homem mais sentimental.
Portanto, devemos entender e aceitar que todo ser humano têm dificuldades e que elas não impedem a realização pessoal e profissional. As particularidades genéticas existem, mas não indicam submissão e sim complementação de um em relação ao outro. O machismo leva-nos ao regresso em vez do progresso nas relações humanas.

Ver perfil do usuário

ulyssesaf

avatar
Membros
Voltando a fazer minhas análises aqui no fórum (se quiser pode avaliar as minhas também.)

Olha, as ideias gerais do texto tão bem legais. Mas eu olharia alguns aspectos:

1- Logo na introdução você faz um juízo de valor:

Só vamos ter uma sociedade igualitária, quando compreendermos que todo ser humano têm as mesmas capacidades cognitivas que qualquer outro, independentemente do sexo.

Não sei bem sobre isso, mas acho que é equivocado, já que a introdução seria um parágrafo de exposição do tema, os argumentos deveriam ser postos no desenvolvimento.

2- Achei uma explanação muito superficial acerca do tema, poderia ter resgatado mais valores culturais sobre o machismo, ter citado as eleições presidenciais de mulheres ( Argentina e Brasil, por exemplo). Além de ter ficado um pouco repetitivo na argumentação, pelo menos eu achei.

3-
Portanto, devemos entender e aceitar que todo ser humano têm dificuldades e que elas não impedem a realização pessoal e profissional.
Nesse trecho, por exemplo, você se inclui no texto. A imparcialidade é fundamental nesses tipos de textos.



O que eu acho é isso aí. Valeu!

Ver perfil do usuário

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum