Flor do Lácio
BEM VINDO


Cadastre-se em nosso fórum e tenha sua redação corrigida pelos membros.
Flor do Lácio

Espaço criado com intuito de ajudar aos membros produzirem redações de excelência.


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Redação com o tema: A ação de justiceiros como forma de combater a violência nas cidades brasileiras

Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

Pelas cidades brasileiras, recentemente, estão ocorrendo muitos casos em que a população está fazendo justiça com as próprias mãos e punindo criminosos, como ladrões e estupradores, de forma violenta. Muitas pessoas acreditam que, somente, estão exercendo seu direito intitulado no artigo 301 do código do processo penal que autoriza a prisão por qualquer cidadão de criminosos em flagrante. Porém, essas ações, que mais se parecem com uma retomada da lei de Talião intitulada pelo imperador mesopotâmico Hamurabi, estão ocorrendo de maneira errônea, já que o povo está usando de violência excessiva e com isso só gerando mais prejuízos a si mesmos.

Os índices de violência no Brasil crescem a cada ano, e em 2013 cerca de 20,3 homicídios por 100 mil  habitantes foram registrados no país. Porém, a questão que afeta as pessoas não é exatamente a alta taxa de violência, mas sim o alto grau de impunidade, visto que muitos criminosos não cumprem pena e voltam às ruas para cometer novos crimes logo após serem detidos. Devido a isso, uma parcela da população começou a se revoltar e a buscar fazer justiça com as próprias mãos. Um exemplo dessa ação de justiceiros ocorreu na cidade de Itajái, Santa Catarina, na qual Rafael Chaves de 26 anos foi espancado e amarrado a um poste após assaltar uma lanchonete, ele ficou preso a uma corda por cerca de 30 minutos até a chegada da Policia Militar.

Esse tipo de ação violenta não é positiva para o povo, já que além de eles serem enquadrados no crime de agressão, muitas vezes o delinquente agredido volta às ruas e de forma mais violenta, para de certa forma se vingar da violência sofrida. Fato que lembra a teoria do Determinismo geográfico, na qual afirmava que o homem é fruto do meio, já que os cidadãos usam a violência para combater a violência. Além disso, em alguns casos devido ao calor do momento a população não raciocina de modo eficiente, agredido de forma excessiva os ditos criminosos sem muitas vezes nem verificarem se eles são realmente culpados. Um exemplo disso ocorreu com um pedreiro de São José de Mipibu, na Grande Natal, na qual o mesmo foi espancado por ter sido confundido com um delinquente responsável por um arrombamento só porque estava com uma blusa da mesma cor do suspeito.

Com isso nota-se que a população está agindo de forma incorreta, já que estão usando de violência excessiva para tentar conter a violência em que já vivem, devido a isso uma ação imediata se faz necessária. Para isso, o governo deve primeiramente revisar as leis já existentes e deixá-las mais rigorosas para que pessoas que cometam crimes possam ser punidas exemplarmente. Além disso, o Estado deve intensificar a frota de policiais nas ruas e dar a eles melhores condições de trabalho e um salário digno por ariscarem suas vidas pelo bem do povo. Somando-se a isso, o governo deve implantar nas escolas uma disciplina na qual ensinem as crianças desde cedo que a violência não é a melhor solução para se resolver os problemas e que com isso elas ajudem a manter a paz entre os semelhantes.

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum